terça-feira, 10 de março de 2009

A fisioterapia nos dias atuais.












A fisioterapia já não é mais a mesma. Antes privilégio da ortopedia, esse fabuloso recurso terapêutico atua hoje nas mais diferentes áreas com técnicas, metodologias e abordagens específicas que tem o objetivo de sanar, minimizar e principalmente prevenir as mais variadas afecções.
Só para se ter uma idéia, o fisioterapeuta pode atuar na ortopedia, obstetrícia, pediatria, geriatria, reumatologia, medicina esportiva, neurologia,cardiologia e pneumologia. Além disso atua nos casos de queimaduras graves que necessitam de internação hospitalar. Segundo Oseas de Moura Filho, Fisioterapeuta e Professor da Universidade de Fortaleza, a fisioterapia é uma ciência que utiliza uma fundamentação sistematicamente estudada e estabelecida através de métodos científicos próprios.
Além disto, a complexidade da profissão reside na necessidade do entendimento global da fisiologia, anatomia, semiologia do homem, baseado na Biofísica, Bioquímica, Cinesiologia, Biomecânica e outras ciências básicas. Ainda segundo Oseas, a fisioterapia possui um corpo próprio de conhecimentos, uma metodologia própria de intervenção, privativa do fisioterapeuta, ficando a critério do mesmo a ordenação, intervenção, consulta e alta fisioterapeutica.
Prevenção--Ao contrário do que muita gente pensa, a fisioterapia não é simplesmente uma terapia de reabilitação. Além de recuperar, ela pode prevenir doenças e curar. A prevenção, aliás, é a primeira atribuição da fisioterapia. Nesse caso é fundamental o trabalho de conscientização, ou seja, a tarefa de alertar e orientar o paciente sobre a necessidade de adotar procedimentos adequados em certas situações.

Cura--Outra atribuição da fisioterapia está ligada à cura. Tem por objetivo devolver os movimentos perdidos depois de uma doença em que a pessoa ficou um longo tempo imobilizada. A fisioterapia curativa está mais ligada à área ortopédica. Por exemplo: pessoas sadias tem força muscular semelhantes nos dois lados do corpo. A variação de força entre o lado direito e o esquerdo chega apenas a 10% e está diretamente relacionada ao fato de a pessoa ser canhota ou destra.
A força muscular é gerada pelas fibras que compõem os músculos. São mantidas por determinados estímulos (andar, pegar objetos, movimentar os membros). Uma lesão grave - fratura, ou rompimento de tendão - muitas vezes implica cirurgia e imobilização (gesso). Após algumas semanas,essas imobilizações causam atrofia muscular. O membro fica mais fino (as fibras musculares diminuem de volume) e, com isso, os músculos perdem força e resistência. E é aí que a fisioterapia entra para devolver todos os movimentos perdidos, a força e a vitalidade dos músculos. É a cura.

Reintegração---Reintegrar a pessoa à sociedade é outro objetivo da fisioterapia. É a chamada reabilitação. Estimulação do potencial neurológico em pessoas que sofreram sequelas irreversíveis (perda de membros, lesões neurológicas).

As armas-- Os recursos da fisioterapia previnem, curam e reabilitam. Para que o especialista escolha os que serão utilizados, ele terá de analisar não só a doença ou a patologia que deu origem ao problema, mas também como a pessoa estará reagindo ao estímulo da fisioterapia.
Conheça os mais conhecidos recursos da Fisioterapia à sua disposição:

Cinesioterapia - Terapia por movimentos. São exercícios que têm como objetivo trabalhar articulações e musculatura.
Eletroterapia - Terapia com aparelhos elétricos, como o ultra-som. Facilita a recuperação dos tecidos lesados.
Mecanoterapia - Terapia com aparelhos mecânicos para fortalecer a musculatura. Massoterapia - Terapia pela massagem. A manipulação dos tecidos e músculos do corpo estimula a circulação, a mobilidade e a elasticidade.
Hidroterapia - Terapia feita dentro da água. Utiliza exercícios para articulações e músculos. Termoterapia - tratamento com aplicação de calor.
Crioterapia - emprego de gelo como terapêutica, geralmente em aplicações localizadas para tratamento de contusões e luxações.

Fonte: http://www.fisiohoje.hpg.ig.com.br
DRA DANIELA SOUTO - FISIOTERAPEUTA http://www.danielasouto.net/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO POR COLABORAR.